Medicina Tradicional Chinesa

  

 

Acupunctura

 

Inserção e manipulação de agulhas finas esterilizadas em pontos específicos do corpo. Eficaz na redução da dor, do stress, da tensão, no tratamento de problemas emocionais, psicológicos e de doenças como: artrite, artroses, ciática, reumatismo, depressões, asma, alergias, bronquite, colite, obstipação, cefaleias, insónias, dependência do tabaco, nevralgias, gastrite, paralisias pós-enfarte, determinados problemas de coluna, entre outras.

 

 

Electroacupunctura

 

Difusão de descargas eléctricas de baixa potência, durante curtos períodos de tempo, sobre zonas de acupunctura. É um método muito eficaz e que possui a vantagem da não utilização de agulhas, tratando os mais diversos tipos de patologias, desordens energéticas e físicas do organismo.

 

 

Electrolipólise

 

Destrói as células adiposas através da passagem de corrente eléctrica de baixa frequência. Aumenta a circulação sanguínea local, estimula as células e o colágeno, elimina toxinas e drena a região. Usada, na maior parte das vezes, para tratar celulite, flacidez e gordura localizada.

 

 

Ryodoraco

 

A acupunctura Japonesa tem sido apresentada ao mundo na mesma dimensão da acupunctura chinesa. Apesar de ambas terem por base a acupunctura o método japonês tem tomado caminhos diferentes da acupunctura chinesa.

 

A acupunctura japonesa é, na realidade uma terapia de estímulo, que procura equilibrar a circulação energética nos meridianos, tonificando ou dispersando a energia dos mesmos conforme o seu estado.


A palavra Ryodoraco tenta representar esta filosofia de tratamento; Ryo significa bom, Do siginfica electro-condutor, raku significa linha.


 

Tuina (Energética)

 

Esta técnica pretende, recorrendo aos meridianos de acupunctura e a determinadas manipulações, restabelecer o equilíbrio energético do organismo.


Trabalha os canais energéticos (12 meridianos), onde o objectivo é libertar o Chi (energia), desbloqueando o fluxo energético e aumentando a harmonia e o bem estar.



Shiatsu (Revitalizante)

 

É uma massagem japonesa, que segue a mesma orientação da acupunctura, mas sem utilizar agulhas.  Como tal, Shiatsu significa "pressão" "digital".


Utiliza acima de tudo os dedos, as palmas das mãos, e os cotovelos.


Pratica-se através da pressão de pontos energéticos, chamados tsubos, ao longo dos meridianos, que são canais energéticos, e passam por todo o corpo, começando e acabando nas pontas das mãos e pés.


Geralmente quando se sente dor, ou outra sensação incómoda quando certos pontos são pressionados, significa que já há um bloqueio energético no órgão correspondente a esse meridiano.


Desta forma, permite-nos fazer um diagnóstico do estado físico da pessoa, a quem se está a aplicar Shiatsu.

 

 

Relaxamento

 

O excesso de trabalho, os prazos, a falta de tempo, o trânsito...são estes os sinais dos nossos dias. Situações que se acumulam, e que muitas das vezes resultam em cansaço, stress, poucas horas de sono, e tensões musculares.

 

Esta massagem tem um efeito sedativo, pois activa a circulação sob os músculos. Alivia o stress e liberta as dores musculares.


 

Drenagem Linfática

 

Consiste no deslocamento subtil da pele, estimulando o sistema linfático e abrandando as congestões. Ao estimular o sistema linfático, o abrandamento da nutrição celular, provocado pelo congestionamento da corrente de toxinas, é invertido.


As funções vitais melhoram e o sistema imunitário é fortalecido.

 

É aconselhada para reduzir inchaços e contusões, diminuir cicatrizes e para o alívio do congestionamento dos seios nasais.


É feita à base de movimentos circulatórios, alongamentos e pressão.

 

 

Estes gestos são lentos e contínuos, provocando um efeito calmante e relaxante.

 

 

Fitoterapia

 

As plantas são compostas por substâncias com propriedades terapêuticas. Muitas desarmonias a nível interno ou situações crónicas podem beneficiar grandemente com o uso das terapias à base de plantas medicinais.

 

 

Moxabustão

 

Aplicação de charutos feitos de folhas secas e enroladas a partir de uma planta, a artemisia vulgaris, em determinados pontos do corpo para tratar as desarmonias energéticas com o objectivo de prevenir e curar doenças.

 

 

Luis Crucho

 

 

 

publicado por ClinicAurora às 23:12