ClinicAurora

pesquisar

 
Quinta-feira, 06 / 09 / 12

Fitoterapia

  

 

Fitoterapia

 

 

Fitoterapia é o estudo das plantas medicinais e suas aplicações na cura das doenças. Na China, surgiu por volta de 3000 a.C. quando o imperador Cho-Chin-Kei descreveu as propriedades do Ginseng.  A Fitoterapia é uma parte fundamental da Medicina Chinesa e envolve milhares de plantas, bem como composições de plantas medicinais em fórmulas, sendo que algumas delas têm uso secular e outras resultam de pesquisas mais recentes, sobejamente testadas. 

 

 

 Alexandre Campana

publicado por ClinicAurora às 00:35
Quarta-feira, 05 / 09 / 12

Alexandre Campana

LOGO_AURORA.JPG

 

 

Alexandre Campana

(Especialista em Medicina Tradicional Chinesa)

 


 

Sou Diplomado no Curso Superior de Medicina Tradicional Chinesa – Acupunctura e Fitoterapia, pelo Instituto Português de Medicina Tradicional Chinesa - APA/DA  (actualmente integrado na UMC - Universidade de Medicina Chinesa Dr. Pedro Choy).


Colaborei no Centro Clínico da Universidade de Medicina Chinesa e entre outros locais prestei serviço na Clínica de Almeirim, no apoio a pessoas carenciadas da região, com o apoio da Câmara Municipal de Almeirim e do Dr. Pedro Choy. 


Sou igualmente membro da APPA – Associação Portuguesa de Profissionais de Acupunctura, com a Carteira Profissional Nº 98.


Iniciei a minha senda no mundo da Acupunctura e da Fitoterapia, como paciente, e ao verificar os excelentes resultados que obtive, decidi que tinha de saber mais sobre estas terapias, tendo então decidido aprofundar os meus conhecimentos nesta área no Curso Superior de Medicina Tradicional Chinesa.


Mais tarde, e sempre com o objectivo de melhor conhecer o Ser Humano no seu todo, de uma forma global e holística, licenciei-me também em Psicologia.


De acordo com a MTC, o corpo humano é percorrido por vários canais energéticos (Meridianos) nos quais circula a energia (Chi para os Chineses) Yin e Yang, e para se fazer Acupunctura há que encontrar o(s) ponto(s) certo(s) no corpo a fim de tratar o problema em causa. Depois de se encontrar esse ponto coloca-se uma agulha, muito fina (espessura de um fio de cabelo) e deixa-se ficar durante cerca de 20 a 30 minutos (excepto indicação terapêutica diferente) numa sessão que deverá, inicialmente, ser repetida semanalmente (excepto indicação terapêutica diferente).


 As doenças, para a Medicina Chinesa, são desequilíbrios energéticos e a Acupunctura é o principal meio para reorganizar a energia de forma a recuperar-se a saúde. As dores por exemplo são devido a uma estase ou concentração de energia que necessita ser desbloqueada, enquanto os problemas crónicos devem-se a um défice de energia que necessita ser tonificada. A energia Chi, tal como o vento, o calor ou o frio, apesar de não se ver, sente-se, e ninguém pode desmentir a sua existência, e a influência que exercem nas nossas vidas.


Fitoterapia é o estudo das plantas medicinais e suas aplicações na cura das doenças. Na China, surgiu por volta de 3000 a.C. quando o imperador Cho-Chin-Kei descreveu as propriedades do Ginseng.  A Fitoterapia é uma parte fundamental da Medicina Chinesa e envolve milhares de plantas, bem como composições de plantas medicinais em fórmulas, sendo que algumas delas têm uso secular e outras resultam de pesquisas mais recentes, sobejamente testadas.


Para mais informações, dúvidas ou questões, consulte-nos (Ver perfil).



 

publicado por ClinicAurora às 23:40

mais sobre mim

Setembro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro